quarta-feira, 29 de outubro de 2014

SAUDADES DA NOSSA INFÂNCIA

Saudades da nossa infância
Saudades quando brincávamos juntos
Saudades quando tinhámos tudo em nossa volta
Saudades daquele jogo da verdade
Saudades quando brigávamos para quem tinha mais filhos


Saudades daquele elevador
Aquele que nós já ficamos presos
Quando deparamos com aquele apartamento
Que não tinha ningúem morando
Mas dava um medo !


Até parece que tinhámos medo
Adorávamos uma aventura
Saudades quando pulávamos a grade para ir no terreno baldio do outro prédio


Saudades quando tinha o coronel mostarda
O candelabro,
Saudades quando vocês vieram aqui em casa no meu aniversário
Quando tinha aquela bexiga gigante cheia de balas e chicletes
Saudades quando ficávamos sentados apenas conversando


Saudades quando não se existia celular
Quando nós corríamos para esconder atrás dos carros que estavam nas garagens
Saudades quando brincávamos de pique-bandeira
Saudades quando gritávamos para chamar a galera para brincar
Não precisava nem subir para chamar
Porque moravam no primeiro andar


Saudades de quando vocês já faziam parte da minha vida
Quando vocês conheciam minha família toda
Saudades são eternas


Saudades do João
Da Carolina,
Da Bruna
Do Fernando, do Igor
Do Diego, do Bebeto


Saudades daquela bagunça
Saudades de um grupo de amigos que me fizeram felizes
E que continuam aqui dentro do meu coração
Nunca esqueço e nunca esquecerei


Já imaginei
O nosso grupo
Juntando todos, agora todos adultos
A cada alegria se fazia uma grande energia que nunca saiu da minha mente


A cada risada, a cada palhaçada
Anos sem ver, sem poder conversar
Sem poder dar aquele abraço
Poder chorar de alegria
E olhar nos olhos de vocês

E sorrir com cada momento vivido
Transparência vivida a todo vapor
Saudades de poder brilhar
Mas sem cantar a nossa linda infância
Adolescência


O que importava para cada um de nós
Era simplesmente curtir a vida
Brincar sem parar
Mas nunca parar de brincar com nossa fantasia de nossas brincadeiras


Saudades quando brincávamos no gira-gira
Girávamos até ficarmos tontos
Saudades quando ficávamos nas balanças daquele parquinho
Saudades quando jogávamos o nosso jogo da verdade


Saudades de tantas coisas
Nada que eu fiz eu me arrependi
Saudades dessa turma que sempre eu lembro
Sempre vou levar para a minha lápide
Cada momento que vivi com vocês


Mas que isso demore muito à acontecer
Mas que nossas vidas nossa magia de mais de vinte e seis anos de convivência
E que como estamos mais maduros
Nunca irei esquecer de nada


Sempre a cada dia,
A cada lugar
Minha forma de amar
É imensa
Nunca posso imaginar minha vida sem vocês
Minha vida inteira
Que quanta bagaceira !!!


Nossas vidas
Contadas em pequenas linhas
Encantando cada lugar da minha alma...




sexta-feira, 24 de outubro de 2014

SAUDADE DA SUA FALSIDADE

Saudade do dia em que você era minha amiga
Os momentos que costumava confiar em mim
Saudades daqueles dias nos quais você me elogiava
Me dava força para continuar com os meus sonhos...


Saudades daqueles dias que me visitava apenas para passar o tempo
Me fazia carinho, me fazia rir, me escutava e eu lhe escutava
Saudades do dia que eu fui comprar cigarros pra você
E você toda preocupada com a minha demora para retornar


Saudades daqueles dias que você pedia para eu fazer massagem
Criando coragem para relaxar depois de um dia difícil
Saudades daqueles dias que você se importava comigo
Que você saia com seus amigos apenas para se divertir, curtir
Saudades daquele dia em que você, era você mesma


Saudades daqueles dias que não tinham intrigas e confusões por causa de pessoas
E você não ignorava,  em nenhuma hipótese, seus amigos para sair com outros
Saudades daquele dia que você disse que não ia ficar com ninguém de seu ciclo de amizades
Que você jurou que me amava como uma amiga
Mas não do depois, o dizer aos outros coisas ruins sobre mim


Saudades daqueles dias que você vinha me ver e não partia,  ao ser contatada...
Saudades daqueles dias que mesmo que você fosse o centro das atenções
Nunca enxergava seus amigos como se fossem inferiores a você
Saudade daquele dia que você estava mau
Saudade daquele dia em que você ficou bem
Mas não, do não estar perto quando eu mais precisei de você também


Saudades daqueles dias que eu encontrava comentários seus sobre meus escritos
Elogiava ou criticava alguma poesia que eu tinha feito
Saudade daquele dia que você prometeu que não ficaria  longe
Saudades dos dias que marcávamos de nos ver
E você não inventava desculpas posteriores para não vir


Saudades do tempo em que você dizia que seus problemas não eram maiores do que suas amizades
Saudades daquele dia que eu te contei minha angústia e você me disse que era apenas uma confusão
Saudades daqueles dias que você apenas conversava comigo, mesmo que não sempre pessoalmente
Saudades eu sei que são para sempre
Amizade verdadeira e leal também... são dádivas naturais da vida


Não esqueça daquilo que cada um é para o outro
E não esqueça da sua essência, antes que seja tarde
Antes que você se veja em meio a uma multidão, estando só...

Apenas, saudades.....







domingo, 19 de outubro de 2014

MENINAS NÃO COMEM MENINAS ?

Quando a mulher vai fazer sexo com outra mulher, ela não vai "comer " a outra mulher
Vai apenas fazer amor
Podemos dizer que elas fazem melhor
Até porque conhecem seus corpos
Mesmo sendo iguais
Tem prazer, tesão
Mas certo ponto, elas lambem, chupam suas bocetas
Mas nesse caso eu posso dizer que ela estão se comendo?
Elas unindo-se , ocupando um mesmo lugar no espaço
Fazem loucuras, fazem bonito, e bem gostoso
Não precisando de um homem para poderem ter prazer
Faz de tudo para fazer sua parceira quer
Podem usar brinquedo ou não
Podem usar muita imaginação
Kamasutra,
Podem ser femininas ou masculinas
Mas o ato "comer" pode ser usado om duas mulheres?
Mas não pode só ser usado para um homem e uma mulher?
"Comer" fazer sexo oral
Chupar xoxotas, vaginas
O nome não importa
O que importa é o ato em si
Até porque duas pessoas do mesmo sexo(mulheres) sim, podemos dizer que uma come a outra
Sem pôr e nem tirar
No sexo oral, quando usamos a língua na vagina de outra mulher, estamos fazendo o que?
Comendo?
Fazendo sexo?
Fazendo amor?
Bom, podemos dizer que se faz amor, se come, chupa bem gostoso
Coloca-se dedos
Com preliminares ou sem
Fazem sexo animal
Sexo convencional
Manage a trois
Para quem achava que duas mulheres não podem ou que é  feio dizer ou falar que duas mulheres não se podem comer umas as outras
Então, é correto dizer, e digo mais, é apenas algo normal
Entre duas mulheres, duas mulheres que se amam fazendo amor, sexo
Simples não é?
Mas como vivemos numa sociedade machista e ainda muito preconceituosa
E pode parando de dizer que para fazer sexo precisa ter orgão genital masculino, isso é uma grande besteira
A sociedade é muito hipócrita, se "aceita" diferença de idade entre casais, dizem que é pouca vergonha, algo que é do capeta, ou que é  pecado?  sim existem pessoas que dizem que não tem nada contra, mas não ter nada contra é uma coisa, agora dizer que não quer saber que se faz entre quatro paredes, em certo modo até pode não ser da conta da pessoa, mas o que precisa é ter repeito
Imaginem um caso:
Uma mulher hétero conversando com outra mulher
Falando sobre sexo,lógico
Uma diz que seu marido não dá conta do recado e isso e aquilo
A outra, lésbica, diz que não gosta que se chupa a parte de trás( para não dizer outra coisa)
Nessa situação imaginamos que não tem nada demais
Sendo que duas mulheres falando sobre sexo, normal
Vamos pensar um pouco....
Qual é o problema de duas mulheres tendo relação sexual
Uma chupando o cú da outra
Chupando a vagina da outra
Chupando os seios
Gozando
Tem algum problema?
Quando uma relação entre duas mulheres for normal para a maioria das pessoas
Não sendo apenas um fetiche que muitos homens tem
Sexo é sexo
Do mesmo sexo, ou do sexo oposto
Para falar à verdade é  tudo a mesma coisa
E que o resto exploda , achando ,ou que continuem achando que é algo sem vergonha ou o pior
Dizem que " o homem nasceu para fazer sexo com mlher e a mulher nasceu para fazer com homem"
Isso é uma balela, algo que não é um simples livro que vai indicar o que você acha o que é certo ou errado
E o que importa é que se haja amor, tesão
Não se importando com o que a sociedade nos dias de hoje diga
E quem é que faz a sociedade?
Eu, você, aquela outra pessoa, sendo, rica , pobre, gorda ou magra, tatuada ou não , com piecing, ou sem, sendo branca, amarela(parda) preta, hétero, bi, lésbica, é o que menos importa
O que importa é a sua felicidade
Com quem você escolheu para viver junto
Simples assim
Não preciso mais desenhar
O será que preciso?


(FIM)




SUBINDO O AMOR

Fumar,  Beber,  ir para balada Beber até cair ou fumar até abrir Beijar um homem Seu sonho é ser feliz Fazendo sua liberdade... Eu amo assi...