quarta-feira, 30 de março de 2016

ANARQUIA DO PRAZER

Mulher eu sou !
Tenho poder
Quero destruir tudo

Paradigmas que me incomodam muito
Estou cheia
No meu limite
Sou louca

Quero destruir aquilo que me faz mal
Pessoas criticando o que tenho prazer
Eu não ligo mesmo
Eu fumo mesmo

Acendo cada cigarro
Cada um com prazer enorme
Faço sim, e vou continuar fazendo

É você que manda em mim?
Jamais, eu mando em mim
E que se dane o resto
Fumo porque me amo

Faço o que quiser dos meus pulmões
Sou feliz assim !!!
Entenderam!!!
A vida é para ser vivida e não para ser incomodada
Beijos com gosto de nicotina para as pessoas sem escrúpulos !!!



sexta-feira, 25 de março de 2016

QUAL É A MORAL DA HISTÓRIA?

Pegar carona/Nessa cauda de cometa/Ver a via láctea/Estrada tão bonita/Brincar de esconde-esconde/Numa nebulosa/Voltar pra casa/Nosso lindo balão azul
(Lindo Balão Azul- Guilherme Arantes)


Voz embargada, uma chuva torrencial, Raiane, uma mulher linda, meiga, mas que nesse dia era um dos piores de sua vida, estava numa boa no centro de São Paulo, mas precisamente perto do Teatro Municipal, até ai tudo bem, além do mais, ela é uma fã da Pitty, aquelas fãs enlouquecedoras.
Faz de tudo para estar nos show da Pitty, tem milhares de fotos, tudo que você imagina, ama All star, tem seu estilo, e nada a fará melhor ou igual as outras pessoas por seu estilo.
Raiane, estava triste, pensativa, abriu sua bolsa no meio da chuva para pegar seu cigarro, eis que surge do nada um ladrãozinho e rouba sua bolsa com tudo dentro, cigarro, isqueiro, chave de casa, celular, sua vida estava dentro da sua bolsa.
No meio daquela chuva forte, junto com a tristeza da nossa lutadora Raiane, estava na hora errada, num momento errado, realmente tudo dando errado.
Ela toda encharcada, da cabeça aos pés, da cabeça ao seu All Star, ela só queria um cigarro, apenas um cigarro, mas naquele momento, precisava mais de um cigarro, um só não ia acalmá-la .
Ela ficou paralisada, sem eira ou beira. Mas será que poderia vir alguém para assaltar sua alma, não ia fazer nada por medo, por achar que tudo que estava acontecendo era culpa dela sentindo-se inútil.
Na desgraça literalmente falando!!!
Mas não foi isso que aconteceu, um certo momento do nada, começa a tocar uma música :




Raiane, não sabia de onde estava vindo essa música, do seu celular não era, de onde estava vindo!? 
Bem próximo, há uns 30 metros, estava uma muvuca de pessoas, na maioria em pé nas escadarias do Teatro Municipal, eis que ela foi até lá, pelo menos eram pessoas, quando chegou mais perto, ela viu que estavam brigando e que tinha dois moradores de ruas apanhando de mais de 5 pessoas, uma covardia, a música ainda tocando, quando ela chegou ela mandou as pessoas irem embora , empurrando e gritando e dizendo "Seus covardes" Eis que começa a tocar outra música!!!



Continuando a não entender nada, os moradores de rua agradeceram por ajudá-los e por isso, eles ofereceram um cigarro, ela ficou assim, mas aceitou, e nesse tempo, a chuva parou, sua roupa secou, em segundos, e ela só foi perceber quando ia pegar seu isqueiro no bolso de sua calça ,e viu que não estava e viu que sua roupa estava seca mesmo, como se não estivesse sido encharcada.
Então, os dois moradores de rua, começaram a conversar com ela, dizendo que eles eram pessoas do bem, e muitas pessoas tem preconceito por eles estarem morando na rua, conversa vai conversa vem, todos fumando e bebendo vinho, eis que eles dizem algo para ela assim do nada:
" Cuidado, Raiane, tome cuidado quando for andar por aqui, é muito perigoso, tem sempre que ficar atenta"
Depois que eles disseram isso, ela levou um susto! Ela vira para trás, e vê alguém com uma bolsa no chão e corre até lá para ver o que está acontecendo! Ela chega e vê um homem um pouco gordo, e que ela conhece , sem entender nada ela diz: "Está aqui a sua bolsa" e depois some sem deixar rastro, deixando-a sem resposta alguma.
Ela volta para onde ela estava com os moradores de rua, continua conversando, abre sua bolsa, e vê que está tudo em tacto, aproveita e pega seu maço de cigarro e dá dois para os moradores de rua, agradecendo-os. Mas o que ela não sabia e que estava por vir, foi que .....
Os moradores de rua, começam a se despir, do nada, e ela olhando com muito medo, achando que ia ser estuprada ali no centro de São Paulo e ninguém para defendê-la .
Eles começam pela camiseta e não é que ela vê peitos!? melões!! logo depois eles tiram a parte de baixo e ficam nus, aparecendo suas vaginas, ela olhando estranhamente,acende um cigarro de nervoso e diz que esses peitos ela conhece muito bem, mas quando eles tiram o bigode falso e a peruca de mendigo, aparece duas mulheres totalmente iguais , com cabelo preto e comprido, e com um piercing no nariz e na boca e Raiane toda assustada diz :
Sua cretina que amo, agora você está fumando!! Que porra é essa de você ser duas pessoas!!?
Eis que toca aquela música !!!




Por que será que tocou essa música ? Será que Raiane tem 7 vidas? O que ela vai fazer ? Voltar com o seu ex namorado, ou com sua ex? Ou então qual é a moral da história?
Todos nós temos fraquezas, mas muitas vezes somos fortes, para aguentar tudo, sofremos, fazer merdas, mas nosso único objetivo é sermos felizes, é só isso, mesmo que isso precisa ser dada um cálice colocar coisas, ou apenas uma na sua estante e por fim, ter sempre uma vida das 7 vidas a escolhida para sorrir e acalmar nossos corações!!!

QUAL É A MORAL DA HISTÓRIA? Qual é !!!????



RIVOTRIL, PARIU?

 Sou louca mesmo, e dai!!! Adoro usar Rivotril para ficar locona Quero usar tudo o que estiver pela frente Vou usar 50 comprimidos num di...